+55 (31) 9 9955 -3132 pessoa@carlospessoa.com.br

Será que você é um “compradorssauro” 4.0?

Caro comprador, como você age para cumprir seu papel profissional?

Com a requisição em mãos (a ordem de compra), você contata, no mínimo, três fornecedores pré-qualificados e, jogando uns contra os outros, negocia usando as seguintes táticas de negociação para fortalecer sua posição:

  • Fica evasivo, não informando realmente o que você deseja;
  • Acena com a concorrência, declarando que tem alternativas melhores de outros produtos ou fornecedores;
  • Alega restrição orçamentária, declarando que seu orçamento está muito abaixo do preço que eles estão ofertando e que não quer se endividar;
  • Provoca os fornecedores, sinalizando com a possibilidade de negócios futuros;
  • Faz uso do tempo e adia a decisão para ‘estudar melhor’;
  • Pressiona, afirmando que os fornecedores têm que reduzir o preço! ”

Desculpe-me, mas se você utiliza SOMENTE esses argumentos (o que representa um procedimento padrão’), então você é um: “compradorssauro”!

Livro: O comprador

Livro O comprador

Não existe a menor dúvida que esse comportamento profissional dos compradores pode até estar em conformidade com os procedimentos de auditoria das demonstrações financeiras: quando uma empresa é auditada, ela é avaliada, entre outros aspectos, pelos seus processos e controles internos.

Mas o que quero ressaltar é que a utilização APENAS desse procedimento padrão pelos executivos de compras para alcançar os melhores resultados na negociação coloca o processo acima do resultado, o que limita sua criatividade e a visão estratégica.

Num contexto disruptivo da indústria 4.0, sua empresa vai ter que se reinventar, transformar, “pivotar” ou se adaptar rapidamente (repetindo, rapidamente) às novas realidades para ter capacidade de sobreviver e se você, enquanto comprador, estiver com sua atuação focada apenas nos processos, estará destituído da visão do futuro e será incapaz de oferecer as soluções de suprimentos mais adequadas e em prazos mais curtos para atender às novas exigências estratégicas da sua empresa.

Pense nisso!

Pin It on Pinterest

Share This