+55 (31) 9 9955 -3132 pessoa@carlospessoa.com.br

O comprador: CAPEX na Indústria 4.0

O papel do comprador

Se seu papel é decidir sobre investimentos em ativos para sua empresa (como, por exemplo, aquisição de novos equipamentos), seria aconselhável que você, além de verificar todas as variáveis financeiras e tributárias envolvidas no processo decisório, observasse também uma questão fundamental com relação ao seu fornecedor escolhido.

O departamento de compras pode rejeitar a oferta do fornecedor A e optar pelo fornecedor B porque este apresenta uma proposta melhor ou mais vantajosa em termos de preço e prazo de entrega.

No entanto, o fornecedor B pode se mostrar inflexível para alterar posteriormente os termos acordados, ou mesmo não ter a capacitação e o domínio de tecnologia necessária para desenvolver novos produtos ou serviços que possam ser imprescindíveis no futuro por causa da necessidade da sua empresa de se ajustar para sobreviver no contexto disruptivo 4.0.

Livro: O comprador

O comprador 

O fornecedor A, por sua vez, embora não tenha superado a cotação inicial da empresa B, pode oferecer um melhor potencial para aprimoramentos, ou possua a qualificação necessária para atender novas necessidades futuras que sua empresa possa demandar, além de demonstrar uma melhor atitude e disposição para investir no aperfeiçoamento dos produtos ou serviços que oferece.

Mas não se iluda. A escolha pela opção A não é assim tão fácil, porque representa uma decisão estratégica com visão de futuro, enquanto a auditoria interna da empresa se baseia em fatos: é muito difícil convencer um auditor sobre o motivo de ter escolhido um fornecedor que apresentou uma proposta financeiramente mais desvantajosa quando o comprador tinha outras fontes disponíveis, com cotações melhores e mais atraentes em termos financeiros.

Nessas condições, o processo decisório não pode ser conduzido isoladamente pelo executivo de compras.

Essas situações exigem uma decisão colegiada (inclusive envolvendo os representantes da auditoria interna).

Pense nisso!

Pin It on Pinterest

Share This