+55 (31) 9 9955 -3132 pessoa@carlospessoa.com.br

3 dicas essenciais para se tornar um comprador relevante nas empresas

  1. Aposta no Futuro

Cabe aos compradores, sejam eles gestores ou executivos, a promoção de uma nova aposta no futuro, para ficar à frente da curva de mudança e ter a chance de conduzir uma revolução pacífica (“sem derramamento de sangue”) na empresa.

Já sabemos que os dirigentes e altos executivos conversam entre si durante muito tempo e são capazes até mesmo de concluir as frases uns dos outros.

Esse tipo de incesto intelectual entre eles, distorce a capacidade de inovação por causa dessa consanguinidade e, somente por isso, é menos provável encontrar pessoas “pró-inovação” entre os dirigentes mais graduados nas organizações.

  1. Processo de inovação

Para surgirem as inovações revolucionárias, é preciso constituir grupos formados pelos jovens (profissionais com a “mente jovem”) e pelos novatos (que ainda não foram cooptados pelos dogmas da organização e pelos expatriados). É irônico constatar que o grupo que está mais preocupado com o futuro (os jovens) é o mais distanciado do processo da inovação.

Não são os “outros” que validam sua existência?

Não são os outros que pagam pelo que você gera de benefícios para eles?

Livro: O comprador

O comprador 

  1. A validação

Por isso é que a essência do trabalho de um gestor ou executivo de compras é o “resultado”.

E o que valida o resultado é só ele.  Não adianta você se esforçar.

Se o mundo não o validar, você será apenas um perdedor esforçado!

Já dizia Chacrinha, o velho guerreiro: “Quem não se comunica, se trumbica!”

Você já deve ter ouvido falar que todo mundo fica sabendo quando uma galinha bota um ovo porque ela carcareja, ela divulga publicamente. Mas já a pata bota um ovo (que, inclusive, é maior, e o processo deve ser mais difícil) e não dá nenhum sinal, por isso, ninguém toma conhecimento do fato.

O que quero dizer é que, se você deseja ter relevância, deve adotar um comportamento mais parecido com o da galinha do que com o da pata.

As demais pessoas têm que conhecer seu trabalho e seu desempenho.

Relembrando, meu caro gestor (ou executivo) de compras: para ter relevância, ser percebido e respeitado como um profissional de referência é fundamental, além de abraçar e liderar essa aposta no futuro, que você divulgue seu trabalho e suas conquistas para todos, principalmente para seus líderes, seus clientes “internos” e, também, para todas as comunidades de profissionais que fazem parte de sua rede de relacionamento.

Pense nisso!

Pin It on Pinterest

Share This