+55 (31) 9 9955 -3132 pessoa@carlospessoa.com.br

Equipes de alta performance

Muitas vezes vemos equipes com vários indivíduos de alta performance, mas o resultado não é o esperado porque a soma dos esforços não gera sinergia.

Uma coisa é conseguir resultados individuais. Outra, completamente diferente, é conseguir que o trabalho seja realizado em equipe e com sinergia no processo.

Lembre-se que “uma árvore só não constitui uma floresta” ou “uma estrela só não é constelação”.

Conseguimos resultados por meio de pessoas e, por isso, temos que aprender a trabalhar em equipe.

Equipes de alta performance são autogerenciáveis e com forte identidade profissional entre seus membros.

Para alcançar esse “status”, as equipes de alta performance devem possuir uma inequívoca relação de mútua confiança entre seus membros, compartilhar os valores da organização, estabelecer metas desafiantes (porém exequíveis) e interagir cooperativamente.

Como ocorre em qualquer atividade profissional em que os indivíduos pretendem desenvolver um trabalho digno, as dificuldades e os entraves ao sucesso sempre estarão presentes.

Vocês conhecem o ditado “Todos veem as “pingas” que eu tomo, mas ninguém vê os tombos que levo”? Desta “sina” ninguém escapa!!!

A vida tem demonstrado também que as dificuldades, quando muito persistentes, costumam esmorecer os seres humanos.

Por isso, um dos caminhos mais adequados para nos fortalecer diante dessas dificuldades no convívio nas equipes é conhecer os empecilhos enfrentados e superados por diversas pessoas e que se tornaram bem-sucedidas.

Veja o caso do Nelson Mandela, Presidente da África do Sul/1994-1999:

Embora tenha lutado contra o sistema de apartheid no país e ter permanecido preso durante 26 anos, Mandela, ao se tornar Presidente de uma nação dividida em torno do medo, do ódio racial e da intolerância, convocou todos (brancos e negros) para uma ampla jornada de conciliação sem qualquer tipo de rancor entre partes para alcançar e consolidar, por meio de uma forte relação de confiança e cooperação, o crescimento econômico da África do Sul.

Pense nisso, vocês também são capazes de colaborar na construção de uma equipe de alto desempenho (“team building”).

Para uma equipe alcançar o alto desempenho, algumas (apenas algumas dentre várias outras) condições são exigidas:

  • Relação de mútua confiança

Não é apenas como uma versão contratual do tipo: “Se chegamos a um “combinado”, eu confio que você manterá sua parte no acordo”. É muito mais que isso. Confiança é: “Você sabe, nós somos parte de uma mesma equipe e eu confio em você. Eu confio em você totalmente, incondicionalmente, em quaisquer circunstâncias”. Confiança é isso.

  • Autogestão

Autogestão é gerenciamento por comprometimento. Autogestão quer dizer que todos na equipe entregam o que foi prometido. Se alguém promete uma redução de 14 por cento no custo, “morrerá” para cumprir aquilo. Entretanto, é mais que apenas números. Autogestão significa que, se há uma reunião às nove, todo mundo se encontra na sala às nove. Ao final de qualquer reunião, uma decisão será tomada e, naquele momento, indivíduos podem concordar ou discordar com a decisão, mas todos devem se comprometer com ela. Esse é o conceito de autogestão.

  • Cooperação

Trabalhar sem objetivo é punição. Com metas claramente definidas e com valores compartilhados, a capacidade de cooperar significa a verdadeira vantagem competitiva da equipe.

  • Com habilidades e recursos similares, as partes podem trabalhar juntas para obter economia de escala.

Sempre se disse que “diferenças afastam”. Entretanto, nas equipes, são as diferenças que frequentemente possibilitam a entrega dos resultados.

  • Com habilidades e recursos diferentes, vocês devem ser capazes de trabalhar juntos para rentabilizar a mútua complementariedade e criar algo que, sozinhos, vocês não conseguiriam.

Sucesso para vocês! Forte abraço,

Pin It on Pinterest

Share This